right_side

Seguidores

Mais borrifados

hipocrisia (26) Mallu Magalhães (24) brasil (15) São Paulo (13) futebol (11) globo (11) música (8) política (8) PT (6) Rede Globo (6) Rodolover (6) lula (6) malandragem (6) Olimpíadas (5) Rodolover posta aí (5) SPFC (5) corinthians (5) trânsito (5) Abercrombie and Fitch (4) Rodolover o borrifador turista (4) Subcelebridade (4) arte (4) brasileiros (4) che guevara (4) chico buarque (4) cult (4) educação (4) juventude (4) modismo (4) movimento homossexual (4) obama (4) politicamente correto (4) rodolover sumiu daqui (4) rodoponey vo te dar uma porrada (4) 3d (3) Big Brother Brasil (3) MTV (3) Rio de Janeiro (3) Rodolover Agora é espanhol? (3) Rodolover some daqui (3) Toca Raul (3) balada (3) bbb (3) borrifada (3) borrifadinhas (3) brasileiro (3) carnaval (3) cinema (3) esquerdistas (3) gosto música (3) grandes eventos (3) leis (3) los hermanos (3) marketing (3) modinha (3) paulista (3) rodolover to postando (3) rodoponoy some daqui (3) romário (3) shopping (3) sustentabilidade (3) Amy Winehouse (2) Anti-social (2) Dilma (2) Direita (2) Eleições 2014 (2) Esquerda (2) Exército (2) Formula 1 (2) Gloria do Desporto Nacional (2) Inclusão digital (2) Indy (2) MPB (2) Mallu Magalhaes (2) Metallica (2) Michael Jackson (2) Muricy Ramalho (2) Mussum (2) Natal (2) Nelson Piquet (2) NxZero (2) ONGs (2) Olimpíadas 2016 (2) Pink Floyd (2) Politcos (2) Rico (2) Rio (2) Rock (2) Rododrunk (2) Rodolover vai pra Espanha virar Pederasta? (2) Rogério Ceni (2) Rubinho (2) São Paulo FC (2) academia (2) amor (2) ano novo (2) backstreet boys (2) big brother (2) blog (2) bolados de rave (2) burocracia (2) caetano veloso (2) chatice (2) corrupção (2) crise (2) críticos (2) democracia (2) dinâmica de grupo (2) espero que o São Paulo se recupere no Brasileiro (2) essência (2) facebook (2) falsidade (2) força sindical (2) férias (2) gaúcho (2) geração (2) globo.com (2) gordas (2) jazz (2) jeitinho (2) jovens (2) justiça (2) malandros (2) medo (2) mentira (2) moda (2) morumbi (2) mulheres feias (2) mulheres frescas (2) musica ruim (2) naturebas (2) nova geração (2) novela (2) orkut (2) palmeiras (2) periferia (2) playba (2) populismo (2) povo (2) proibição (2) protestos (2) rolezinhos (2) rádio (2) samba (2) sertanejo (2) tecnologia (2) trabalho (2) turismo (2) wwf (2) Ética (2) índia (2) #VaiTerCopa (1) 1000 (1) 17 e mais (1) 2013 (1) 2014 (1) 3G (1) 500 (1) Aquecimento Global (1) Astro (1) Banda Gloria (1) Barrichello (1) Belo Horizonte (1) Beyoncé (1) Billy (1) Black Dog (1) Bohemian Rhapsody (1) Bono vox (1) Brawn GP (1) Brazil (1) Britiain's got talent (1) Bronze (1) CUT (1) Cacildis (1) Camargo Correa (1) Canadá (1) Cansei de Ser Sexy (1) Charlie Brown Jr. (1) Clodovil (1) Clássico (1) Coca-cola (1) Colírios da Capricho (1) Conspiração (1) Copa do Mundo 2014 (1) Daiane dos Santos (1) David after dentist (1) Debate Bola (1) Demônios da Garoa (1) Desenho (1) Desorganização (1) Detroit Rock City (1) Diego Hipólyto (1) Diogo Mainardi (1) Diáspora Romana (1) Dona Zuleica é o nome da Mãe do Popó (1) Doug Funnie (1) Doug Funnie bixa (1) ENADE (1) El Salvador (1) Engenhão (1) Estados Unidos (1) Exclusão social (1) Fake (1) Felipe Massa (1) Folha Online (1) Fora Sarney (1) França (1) Fresno (1) Galvão Bueno (1) Gene Simmons (1) Gilberto Gil (1) Gostosas da Globo dão a bunda sem pudor (1) Grunge (1) Heavy Metal (1) Hermes e Renato (1) Holanda (1) Inglaterra (1) JK iguatemi (1) Jacarés (1) Jack Johnson (1) Jean Willys (1) Jennifer Aniston (1) Jeremias (1) Jesus Luz (1) John Mayer (1) Jon Lord (1) Juca Ferreira (1) Justin Bieber (1) Keisha (1) Kiss (1) Kurt Cobain (1) Lei Rouanet (1) Lei Seca (1) Licitações (1) Linhares (1) Lobão (1) Locaweb (1) Lotus (1) Luciano Huck (1) Luiz Felipe Pondé (1) MS-DOS (1) MSN (1) Madonna (1) Mais Médicos (1) Mamonas Assassinas (1) Manaus (1) Marcos (1) Meio-ambiente (1) Merda (1) Mestre Tele (1) Mexicanos são feios (1) Michael Moore (1) Michel Teló (1) Movimento Passe Livre (1) Mudhoney (1) Museum (1) Myspace (1) Nacionalismo (1) Nana Gouvêa (1) Nelson Priquet (1) Nevermind (1) Nirvana (1) O talentoso Ripley (1) PSOL (1) Pacha (1) Pan 2007 (1) Parabéns Lorena (1) Parangolé (1) Paris (1) Paul Stanley (1) Pearl Jam (1) Pedro Bial (1) Perua (1) Políca Federal (1) Putaria (1) Pânico na TV (1) Quadrinhos (1) Rebolation (1) Rei do Pop (1) Ricardo Gomes (1) Rock Progressivo (1) Rodolover sai pra lá (1) Rodolover vai embora (1) Rodolover voltando (1) Rodolover volte a escrever! (1) Rodonasty e as russas (1) Rogério (1) Ronaldinho Gaúcho (1) Ronaldo (1) Rubinho Barrichelle (1) SUS (1) SWU (1) Selton Mello (1) Show me your genitals (1) Sicko (1) Simonal (1) Sintetizador (1) Snack Culture (1) Susan Boyle (1) TI (1) Tempo (1) Tenho amigos putanheiros (1) Tupiniquim (1) Twitter (1) Uniban (1) Urso polar (1) Usain Bolt (1) VMB (1) Vice (1) Victor Fasano (1) Virada Cultura (1) Wikipedia (1) World Cup (1) Xuxa (1) YouTube (1) Zeca Camargo (1) aba reta (1) acessibilidade (1) administradores (1) aeroporto (1) agência (1) alcool (1) animais (1) aniversário (1) ansiedade (1) aperto (1) artistas subestimados (1) asas (1) avião (1) bacon (1) banalização (1) bananas (1) bang (1) bebado (1) bebês (1) bla (1) blasé (1) blogueiros (1) bob marley (1) bolsa família (1) bolívia (1) borrifada maluca (1) borrifador ausente (1) borrifadores (1) borrifando (1) botafogo (1) branding (1) brega (1) briguinha (1) buffet (1) cantoras (1) caos (1) capitalismo (1) capitão nascimento (1) carioca (1) carro (1) carroceiros (1) casper (1) celebridades (1) chilli beans (1) chocolover (1) cigarro (1) classe (1) clichês (1) coca (1) coldplay (1) coletividade (1) combie (1) comunicação (1) condescendência (1) contigo (1) contradição (1) copa do mundo (1) cotidiano (1) crianças (1) crítica (1) culpados (1) death magnetic (1) deputado (1) desenvolvimento sustentável (1) diego alemão (1) dinheiro (1) dionisio (1) direitos (1) discos voadores (1) discurso vazio (1) dislexia (1) divulgação (1) drogas (1) eco 92 (1) ecochato (1) edmundo (1) egoísmo (1) elite (1) emburrece (1) emissora (1) emos (1) empregada (1) entretenimento (1) espetáculo (1) espm (1) estilista (1) estética (1) evo (1) exposição (1) extremismo (1) faap (1) fabio porchat (1) falta de classe (1) falta de paciência (1) favela (1) figurinhas (1) fim de ano (1) flamengo (1) flanelinhas (1) fluminense (1) formaturas (1) frase do Senna (1) funk (1) futebol americano (1) gal costa (1) games (1) gay (1) geeks (1) geleiras (1) google (1) grafite (1) greenpeace (1) gringos (1) gugu (1) gv (1) healthcare (1) helloween (1) hipsters (1) história (1) homer (1) homofobia (1) honda (1) humor (1) hype (1) id (1) igualdade (1) impunidade (1) incentivo fiscal (1) incompetência (1) individuaismo (1) industria fonográfica (1) informação (1) injustiça social (1) inovação tecnológica (1) internet (1) iron maiden (1) irresponsabilidade (1) irritação (1) joel (1) jon e kate + 8 (1) jovem pan (1) juliana paes (1) juscelino (1) katilce (1) king curtis (1) leci brandão (1) legado (1) lemmy (1) lepo lepo (1) liberdade de expressão (1) limitação mental (1) lindos são os passarinhos (1) live 8 (1) live aid (1) livros da fuvest (1) logos (1) loiras (1) loudness war (1) lula vieira (1) luxemburgo (1) mackenzie (1) macunaíma (1) maioria (1) mal humor (1) manifestações (1) marcelo dourado (1) marcelo tas (1) marimoon (1) mau humor (1) maus politicos (1) maísa (1) meirelles (1) melhor do Brasil é o brasileiro (1) melhores posts (1) mesmice (1) metrô (1) mondo entretenimento (1) monty phyton (1) morre (1) motorhead (1) mudar (1) musculação (1) musica boa (1) mãozinha (1) nardoni (1) natural step (1) neo-liberalismo (1) nerds (1) netinho (1) nostalgia (1) nyt (1) pablo (1) padrão de beleza (1) pais bundões (1) palhaçada (1) panda (1) paris hilton (1) patriotismo (1) paulistas (1) pc do b (1) pelé (1) pena sentimento pior (1) pessoas efusivas (1) phil barros (1) pobreza (1) poesia (1) polícia (1) ponte estaiada (1) português (1) posers (1) preconceito (1) premiação (1) promessas (1) protesto (1) psirico (1) publicidade (1) puc (1) punheta (1) qualidade (1) rabo (1) racismo (1) radiohead (1) reality show (1) record (1) red bull (1) reformulação (1) reggae (1) relacionamento (1) religiao (1) religião (1) repórteres folgados (1) respeito (1) rivalidade (1) robei o dia de alguém porque eu devia ter postado ontem (1) roberts (1) rodízio (1) roupas (1) ruas (1) saco (1) santa (1) sassaricar (1) saúde (1) selos (1) sem partido (1) semana (1) senso de humor (1) sentimentos (1) separatismo (1) serginho groisman (1) sexo oral (1) shows (1) silêncio (1) sistema de saúde (1) some daqui. (1) sos mata atlântica (1) status (1) stress (1) subúrbio (1) sucesso (1) sujeira (1) super legais (1) surf (1) telemarketing (1) torcida (1) track and field (1) transporte público (1) troca (1) tropa de elite (1) truculência (1) tráfico (1) universidades (1) vagabunda (1) vasco (1) velocidade (1) venda de CDs (1) verdade absoluta (1) vida (1) vinhos (1) violência (1) vôo (1) war (1) whatsapp (1) workshop (1) xixi no banho (1) zanola (1)

terça-feira, 22 de abril de 2014

Vocè é de Direita. Só não descobriu, ainda.

É triste saber que vivemos em um país em que a ínfima minoria que se propõe a discutir política não tem a menor noção da diferença entre “esquerda” e “direita”. O filósofo Luiz Felipe Pondé foi bombardeado hoje com críticas e ironias sobre um texto que fez, de tom totalmente irônico,falando sobre como hoje parece ser “careta” ser direita no Brasil.

A canhotada, que possui enorme força nas redes sociais, por serem, em sua maioria redatores publicitários, atores e artistas em geral, adeptos à moda Che, se deliciou com a brincadeira de que quem é “Direita” não consegue pegar mulher e etc. Eu realmente não consigo entender a lógica dessas pessoas. Elas possuem uma orientação política voltada para as teorias de Marx e Foucault, mas trabalham em agências de publicidade, ficam ricos e ganham o dinheiro para usar suas drogas por meio de dinheiro de grandes multinacionais que pagam para a agência fazer suas campanhas de publicidade que influenciarão o consumo.

O que me incomoda é que, esse tipo de gente tem estigmatizado na cabeça que a Direita, ou, pessoas com pensamento de Direita, tem as seguintes características:

- Favoráveis à ditadura e à censura; favoráveis à pena de morte; São ricos e bancados pelos pais; Frequentam baladas caras e gastam todo o dinheiro em vodcas e camarotes; Se lixam para os pobres e concentram-se em enxergar apenas o mundo da “elite” em que vivem em seus condomínios; Higienópolis; Viagens para Miami e Disney; Homofóbicos; Não são negros; Odeiam negros; Tem medo de ir a regiões mais pobres.

Pois bem. Devem mesmo existir pessoas com todas as características acima listadas, mas definitivamente, não é esse o pensamento de Direita Liberal defendido por Pondé, Olavo de Carvalho, Reinaldo Azevedo e tantos outros “capetas” que ousam se levantar contra o pensamento de centro-esquerda comum e clichê.

Pessoas de direita não são estúpidas e acreditam que, para uma sociedade melhor, deve-se diminuir o abismo da distribuição de renda no brasil, por meio da disciplina. Disciplina é liberdade. Disciplina não é sair prendendo todo mundo, disciplina é simplesmente fazer valer a nossa constituição e as milhares de leis que temos, sem o “jeitinho brasileiro” para se levar vantagem em tudo.

Pessoas de direita se inspiram em políticas de países de primeiro mundo que conseguiram fazer com que a economia prosperasse por meio da iniciativa privada e trouxesse mais oportunidades para aqueles que dependiam de esmola do governo já que não tinham nenhuma chance na vida.

Pessoas de direita acreditam em um princípio básico: A MERITOCRACIA.

Pessoas de direita acreditam que não se deve fazer exceções, pessoas de direita acreditam que negros, gays, velhos, pobres, ricos, jovens de 14 anos devem ser tratados da mesma maneira, com os mesmo direitos, e as mesmas obrigações. Pessoas de direita acreditam que a carga tributária deve ser maior para quem arrecada mais e muito menor para quem arrecada pouco. Pessoas de direita são contra a censura, mas acreditam na organização e nas pessoas de bem, na família e no progresso por meio do desenvolvimento estrutural como a melhor forma de pobres e ricos conseguirem viver em um ambiente melhor e com maiores oportunidades.

Vamos lá, porque é que nenhum esquerdista leva em conta os índices do IDH, que mostram que os países com governos historicamente direitistas hoje possuem as melhores condições de vida para se morar, e não, não é por interesses das elites, e sim pelo bem geral dessas nações, com igualdade para pobres e ricos.


Liberalismo é LIBERDADE de escolha, facilidade para o empreendedorismo, geração de empregos e fomentação da indústria local, sem a intervenção suja das mãos do governo sujo e corrupto. Nada é mais “Popular” do que a direita, você é que não sabe disso e precisa ler um pouco mais. Ou assista ao vídeo abaixo:




E O MUNDO, O QUE ACHA DISSO!?

3 Comentários:

Diego Marcell disse...

Só tem um problema o texto, quando você aborda o conceito de neoliberal, isto não é o mesmo que o liberalismo. O liberalismo sim é que é abordado por esta direita e não o pejorativos neoliberalismo.

Paulo Gouvêa disse...

Tem toda razão Diego. Foi um erro pela empolgação, esse texto foi escrito de maneira impulsiva! ahah

Obrigado!

Vandré Monteiro disse...

Esse texto tem um problema sério. Ele não ressalta as principais diferenças entre esquerda e direita. Por isso, o título é extremamente pretensioso. Eu sei o que é a direita, e sei por que gosto mais da esquerda.
Fundamentalmente, acredito que meritocracia e disciplina não são suficientes para reduzir a desigualdade de renda. Eles são ótimos para gerar mais lucros, e para fazer uma economia crescer. Isso sim. Mas não pra gerar igualdade. Claro que meritocracia e disciplina são coisas boas. Mas não como princípios fundamentais, e sim com o devido peso e momento.
Outra coisa que eu rejeito é isso de que todos devem ter exatamente os mesmos direitos e obrigações. Ocorre que as pessoas não são iguais. Existem grupos em condições muito diferentes. Por isso, as leis deveriam, na medida do possível, tentar igualar essas condições: tratar igualmente aos iguais e desigualmente aos desiguais.
Tudo isso que estou dizendo são questões extremamente complexas, e não faria sentido discuti-las aqui (eu sei que vocês não concordam, e com certeza terão ótimos argumentos para defender suas posições). Ocorre que são diferenças fundamentais entre direita e esquerda.
Agora, eu sei que ambos os lados têm seus prós e contras.
Eu sei, por exemplo, que políticas de esquerda tendem a gerar um Estado pesado e caro, e também a fazer a economia do país crescer menos do que poderia. E eu sei que crescimento econômico é uma coisa importante. Mas acho que é um preço justo a se pagar por uma maior igualdade de renda. Acho que os "contras" da esquerda são menores que os "prós".
Eu sei também que a direita não é esse capeta que muitos pensam. E que uma boa direita, honesta e organizada, é importante para equilibrar as coisas na sociedade... pra lembrar a todos que a economia tem que crescer, que empregos devem ser gerados... enfim, quero ver a esquerda no poder, mas com uma direita muito bem organizada fazendo oposição. E acredito que vocês querem o mesmo, mas com a direita no poder.... afinal, não há uma boa democracia sem uma boa oposição. E acredito que somos todos democratas aqui.
Grande abraço.

Postar um comentário