right_side

Seguidores

Mais borrifados

hipocrisia (26) Mallu Magalhães (24) brasil (15) São Paulo (13) futebol (11) globo (11) música (8) política (8) PT (6) Rede Globo (6) Rodolover (6) lula (6) malandragem (6) Olimpíadas (5) Rodolover posta aí (5) SPFC (5) corinthians (5) trânsito (5) Abercrombie and Fitch (4) Rodolover o borrifador turista (4) Subcelebridade (4) arte (4) brasileiros (4) che guevara (4) chico buarque (4) cult (4) educação (4) juventude (4) modismo (4) movimento homossexual (4) obama (4) politicamente correto (4) rodolover sumiu daqui (4) rodoponey vo te dar uma porrada (4) 3d (3) Big Brother Brasil (3) MTV (3) Rio de Janeiro (3) Rodolover Agora é espanhol? (3) Rodolover some daqui (3) Toca Raul (3) balada (3) bbb (3) borrifada (3) borrifadinhas (3) brasileiro (3) carnaval (3) cinema (3) esquerdistas (3) gosto música (3) grandes eventos (3) leis (3) los hermanos (3) marketing (3) modinha (3) paulista (3) rodolover to postando (3) rodoponoy some daqui (3) romário (3) shopping (3) sustentabilidade (3) Amy Winehouse (2) Anti-social (2) Dilma (2) Direita (2) Eleições 2014 (2) Esquerda (2) Exército (2) Formula 1 (2) Gloria do Desporto Nacional (2) Inclusão digital (2) Indy (2) MPB (2) Mallu Magalhaes (2) Metallica (2) Michael Jackson (2) Muricy Ramalho (2) Mussum (2) Natal (2) Nelson Piquet (2) NxZero (2) ONGs (2) Olimpíadas 2016 (2) Pink Floyd (2) Politcos (2) Rico (2) Rio (2) Rock (2) Rododrunk (2) Rodolover vai pra Espanha virar Pederasta? (2) Rogério Ceni (2) Rubinho (2) São Paulo FC (2) academia (2) amor (2) ano novo (2) backstreet boys (2) big brother (2) blog (2) bolados de rave (2) burocracia (2) caetano veloso (2) chatice (2) corrupção (2) crise (2) críticos (2) democracia (2) dinâmica de grupo (2) espero que o São Paulo se recupere no Brasileiro (2) essência (2) facebook (2) falsidade (2) força sindical (2) férias (2) gaúcho (2) geração (2) globo.com (2) gordas (2) jazz (2) jeitinho (2) jovens (2) justiça (2) malandros (2) medo (2) mentira (2) moda (2) morumbi (2) mulheres feias (2) mulheres frescas (2) musica ruim (2) naturebas (2) nova geração (2) novela (2) orkut (2) palmeiras (2) periferia (2) playba (2) populismo (2) povo (2) proibição (2) protestos (2) rolezinhos (2) rádio (2) samba (2) sertanejo (2) tecnologia (2) trabalho (2) turismo (2) wwf (2) Ética (2) índia (2) #VaiTerCopa (1) 1000 (1) 17 e mais (1) 2013 (1) 2014 (1) 3G (1) 500 (1) Aquecimento Global (1) Astro (1) Banda Gloria (1) Barrichello (1) Belo Horizonte (1) Beyoncé (1) Billy (1) Black Dog (1) Bohemian Rhapsody (1) Bono vox (1) Brawn GP (1) Brazil (1) Britiain's got talent (1) Bronze (1) CUT (1) Cacildis (1) Camargo Correa (1) Canadá (1) Cansei de Ser Sexy (1) Charlie Brown Jr. (1) Clodovil (1) Clássico (1) Coca-cola (1) Colírios da Capricho (1) Conspiração (1) Copa do Mundo 2014 (1) Daiane dos Santos (1) David after dentist (1) Debate Bola (1) Demônios da Garoa (1) Desenho (1) Desorganização (1) Detroit Rock City (1) Diego Hipólyto (1) Diogo Mainardi (1) Diáspora Romana (1) Dona Zuleica é o nome da Mãe do Popó (1) Doug Funnie (1) Doug Funnie bixa (1) ENADE (1) El Salvador (1) Engenhão (1) Estados Unidos (1) Exclusão social (1) Fake (1) Felipe Massa (1) Folha Online (1) Fora Sarney (1) França (1) Fresno (1) Galvão Bueno (1) Gene Simmons (1) Gilberto Gil (1) Gostosas da Globo dão a bunda sem pudor (1) Grunge (1) Heavy Metal (1) Hermes e Renato (1) Holanda (1) Inglaterra (1) JK iguatemi (1) Jacarés (1) Jack Johnson (1) Jean Willys (1) Jennifer Aniston (1) Jeremias (1) Jesus Luz (1) John Mayer (1) Jon Lord (1) Juca Ferreira (1) Justin Bieber (1) Keisha (1) Kiss (1) Kurt Cobain (1) Lei Rouanet (1) Lei Seca (1) Licitações (1) Linhares (1) Lobão (1) Locaweb (1) Lotus (1) Luciano Huck (1) Luiz Felipe Pondé (1) MS-DOS (1) MSN (1) Madonna (1) Mais Médicos (1) Mamonas Assassinas (1) Manaus (1) Marcos (1) Meio-ambiente (1) Merda (1) Mestre Tele (1) Mexicanos são feios (1) Michael Moore (1) Michel Teló (1) Movimento Passe Livre (1) Mudhoney (1) Museum (1) Myspace (1) Nacionalismo (1) Nana Gouvêa (1) Nelson Priquet (1) Nevermind (1) Nirvana (1) O talentoso Ripley (1) PSOL (1) Pacha (1) Pan 2007 (1) Parabéns Lorena (1) Parangolé (1) Paris (1) Paul Stanley (1) Pearl Jam (1) Pedro Bial (1) Perua (1) Políca Federal (1) Putaria (1) Pânico na TV (1) Quadrinhos (1) Rebolation (1) Rei do Pop (1) Ricardo Gomes (1) Rock Progressivo (1) Rodolover sai pra lá (1) Rodolover vai embora (1) Rodolover voltando (1) Rodolover volte a escrever! (1) Rodonasty e as russas (1) Rogério (1) Ronaldinho Gaúcho (1) Ronaldo (1) Rubinho Barrichelle (1) SUS (1) SWU (1) Selton Mello (1) Show me your genitals (1) Sicko (1) Simonal (1) Sintetizador (1) Snack Culture (1) Susan Boyle (1) TI (1) Tempo (1) Tenho amigos putanheiros (1) Tupiniquim (1) Twitter (1) Uniban (1) Urso polar (1) Usain Bolt (1) VMB (1) Vice (1) Victor Fasano (1) Virada Cultura (1) Wikipedia (1) World Cup (1) Xuxa (1) YouTube (1) Zeca Camargo (1) aba reta (1) acessibilidade (1) administradores (1) aeroporto (1) agência (1) alcool (1) animais (1) aniversário (1) ansiedade (1) aperto (1) artistas subestimados (1) asas (1) avião (1) bacon (1) banalização (1) bananas (1) bang (1) bebado (1) bebês (1) bla (1) blasé (1) blogueiros (1) bob marley (1) bolsa família (1) bolívia (1) borrifada maluca (1) borrifador ausente (1) borrifadores (1) borrifando (1) botafogo (1) branding (1) brega (1) briguinha (1) buffet (1) cantoras (1) caos (1) capitalismo (1) capitão nascimento (1) carioca (1) carro (1) carroceiros (1) casper (1) celebridades (1) chilli beans (1) chocolover (1) cigarro (1) classe (1) clichês (1) coca (1) coldplay (1) coletividade (1) combie (1) comunicação (1) condescendência (1) contigo (1) contradição (1) copa do mundo (1) cotidiano (1) crianças (1) crítica (1) culpados (1) death magnetic (1) deputado (1) desenvolvimento sustentável (1) diego alemão (1) dinheiro (1) dionisio (1) direitos (1) discos voadores (1) discurso vazio (1) dislexia (1) divulgação (1) drogas (1) eco 92 (1) ecochato (1) edmundo (1) egoísmo (1) elite (1) emburrece (1) emissora (1) emos (1) empregada (1) entretenimento (1) espetáculo (1) espm (1) estilista (1) estética (1) evo (1) exposição (1) extremismo (1) faap (1) fabio porchat (1) falta de classe (1) falta de paciência (1) favela (1) figurinhas (1) fim de ano (1) flamengo (1) flanelinhas (1) fluminense (1) formaturas (1) frase do Senna (1) funk (1) futebol americano (1) gal costa (1) games (1) gay (1) geeks (1) geleiras (1) google (1) grafite (1) greenpeace (1) gringos (1) gugu (1) gv (1) healthcare (1) helloween (1) hipsters (1) história (1) homer (1) homofobia (1) honda (1) humor (1) hype (1) id (1) igualdade (1) impunidade (1) incentivo fiscal (1) incompetência (1) individuaismo (1) industria fonográfica (1) informação (1) injustiça social (1) inovação tecnológica (1) internet (1) iron maiden (1) irresponsabilidade (1) irritação (1) joel (1) jon e kate + 8 (1) jovem pan (1) juliana paes (1) juscelino (1) katilce (1) king curtis (1) leci brandão (1) legado (1) lemmy (1) lepo lepo (1) liberdade de expressão (1) limitação mental (1) lindos são os passarinhos (1) live 8 (1) live aid (1) livros da fuvest (1) logos (1) loiras (1) loudness war (1) lula vieira (1) luxemburgo (1) mackenzie (1) macunaíma (1) maioria (1) mal humor (1) manifestações (1) marcelo dourado (1) marcelo tas (1) marimoon (1) mau humor (1) maus politicos (1) maísa (1) meirelles (1) melhor do Brasil é o brasileiro (1) melhores posts (1) mesmice (1) metrô (1) mondo entretenimento (1) monty phyton (1) morre (1) motorhead (1) mudar (1) musculação (1) musica boa (1) mãozinha (1) nardoni (1) natural step (1) neo-liberalismo (1) nerds (1) netinho (1) nostalgia (1) nyt (1) pablo (1) padrão de beleza (1) pais bundões (1) palhaçada (1) panda (1) paris hilton (1) patriotismo (1) paulistas (1) pc do b (1) pelé (1) pena sentimento pior (1) pessoas efusivas (1) phil barros (1) pobreza (1) poesia (1) polícia (1) ponte estaiada (1) português (1) posers (1) preconceito (1) premiação (1) promessas (1) protesto (1) psirico (1) publicidade (1) puc (1) punheta (1) qualidade (1) rabo (1) racismo (1) radiohead (1) reality show (1) record (1) red bull (1) reformulação (1) reggae (1) relacionamento (1) religiao (1) religião (1) repórteres folgados (1) respeito (1) rivalidade (1) robei o dia de alguém porque eu devia ter postado ontem (1) roberts (1) rodízio (1) roupas (1) ruas (1) saco (1) santa (1) sassaricar (1) saúde (1) selos (1) sem partido (1) semana (1) senso de humor (1) sentimentos (1) separatismo (1) serginho groisman (1) sexo oral (1) shows (1) silêncio (1) sistema de saúde (1) some daqui. (1) sos mata atlântica (1) status (1) stress (1) subúrbio (1) sucesso (1) sujeira (1) super legais (1) surf (1) telemarketing (1) torcida (1) track and field (1) transporte público (1) troca (1) tropa de elite (1) truculência (1) tráfico (1) universidades (1) vagabunda (1) vasco (1) velocidade (1) venda de CDs (1) verdade absoluta (1) vida (1) vinhos (1) violência (1) vôo (1) war (1) whatsapp (1) workshop (1) xixi no banho (1) zanola (1)

quarta-feira, 4 de fevereiro de 2009

Outdoor da vez: Abercrombie & Fitch

O mundo vive de modismos e acho que talvez seja o caso de nossa vida ser tão interessante. A gente precisa de coisas novas para renovar nossas energias, crenças e etc. Por isso temos ano novo a cada 12 meses, carnaval e festas. Se cair na rotina, fudeu!
Este mundo cíclico dá sustentabilidade a fenômenos como os modismos. E todos sabem que nosso mundo é focado e voltado principalmente para a imagem e para nosso estranho hábito de querer ser o galo do pedaço. Se você não tem um corpo bacana e um rosto bonito, tem que provar ao que veio e porque veio. Posso entrar no mérito da relação “beleza vs. poder”, mas vou borrifar a respeito deste assunto uma outra hora.
O meu caso hoje é falar das marcas da moda. Vou dizer que gosto de roupas e tento seguir uma linha de vestimenta que reflita as coisas que gosto, como, por exemplo, vestimentas antigas. Mas dentro do modo de enxergar a moda e as roupas, nunca passou na minha cabeça virar outdoor de grifezinhas de marca.

Vou fazer uma linha cronológica:

1998: Ralph Lauren e suas camisas pólos
2000: Guess
2002: Quicksilver
2005: Von Dutch
2006: Armani Exchange ou A/E nas baladas
2008: Abercrombie & Fitch

Por que todo boy gosta de ficar fazendo propaganda de marca que não existe no Brasil? Só para mostrar quanta grana tem? Fui para praia no fim do ano num lugar onde a concentração de playboy era maior do que a de corintianos em Itaquera. Era todo lado a mesma coisa. Abercrombie & Fitch.
Fico imaginando que se eu fizer uma marca, digamos que se chame “Petrescu & Barros” com estampas garrafais em camisetas lisas e colocar a um preço ridiculamente caro para os padrões brasileiros. Bingo! Vou ser a nova sensação da balada. Um monte de paulistanos de cabelinho cacheado, estudante da FAAP, ouvidor de Jack Johnson e que ganhou um SUV coreano do pai estará me vestindo!
A fórmula é a mesma, só muda o nome. Podem ver.
Eu só fico imaginando qual será a nova marca que os outdoors ambulantes endinheirados estamparão em seus corpos no próximo verão.

O mais contraditório é que são os mesmos caras que subestimam o poder das próprias marcas hoje, que adoravam elas outrora. Tente achar um boy com um boné Von Dutch agora. No mínimo ele vai dar risada da sua cara e falar que virou “coisa de baiano”.
Isso só serve para mostrar como esse pessoal tem cabeça de ostra e vai na onda do que está abalando. No fundo, não passam de jovens desesperados por atenção e por auto-afirmação. Provavelmente tenham o órgão reprodutor masculino com tamanho abaixo da média.
Você pode facilmente encontrá-los nas baladinhas cools de São Paulo como Museu e Hotel. Como identificá-los? Eles usam roupas dois números menores para ficarem com os músculos, recém-comprados por anabrochantes, aparentes.
Afinal, quanto maior o carro dado pelo papai e menor o tamanho das roupinhas da moda usada pelo Caco, personagem que reflete essa filosofia, menor o tamanho de ambas as cabeças do rapaz... E maior a visibilidade desses outdoors endinheirados ambulantes.

Ps. 1 A camisa da foto eu fiz para ilustrar a marca Petrescu & Barros de maneira irônica, mas ficou tão legal que eu vou produzir só para borrifar.
Ps. 2 Estou indo para o sul do Brasil contando os centavos, torçam por mim. Relaxem, não vou para o Rio Grande do Sul.
Ps. 3 Pessoal, alavanquem o blog com seus amigos e conhecidos, estamos com planos ousados e em breve teremos novidades. Fiquem atentos...
Ps. 4 Estarei levando um caderno e maquina fotográfica porque provavelmente meu próximo texto é borrifando nas mulheres paulistanas. E nenhum lugar melhor para tirar conclusões do que Santa Catarina. Ou Minas.

Até mais.

D. Petrescu

10 Comentários:

Paulo Dragocinovic disse...

"Nós somos idiotas crédulos
E não entenderemos o que eles planejam
Nós marchamos com as épocas
É isso que eles esperam que façamos"

We Got the Right - Helloween

boa viagem... e traga borrifações do Sul!

Playboys, n se sintam ofendidos! Vocês provavelmente pegam mais mulheres do que o nosso amigo Petrescu... senti uma borrifada no Rodolover hein.

Ryuji disse...

É cara,
Não sou muito ligado nas grifes e talz
mas concordo que o lance sempre se dirija pra esse lado.
Acho que pra quem tem grana, usar algo que todos sabem que custou muito é o tal sinal de 'bancar o galo' como disse.
Mas claro, nunca usando algo por mais de um ano, porque depois disso sempre tem algo 'novo' pra comprar... ¬¬
É mesmo escroto.

Diego Santos Trindade disse...

Rpz, tenho meu proprio estilo e nunca andei na moda. Tento me vestir e comprar coisas que demonstre a minha personalidade (largado, kk) mas é isso ai o mundo vive e gira através da compra e venda, não tem pra onde correr sempre terá um celular novo sendo lançado a cada 30 dias. abraços

Phill Barros disse...

Grande Diogo!

Por acaso essa camiseta faz referência a mim? se sim, obrigado e boa viagem!

Qto ao texto, vc, como excelente profissional de marketing que é, deve entender bem a questão da obsolescência e também do aspiracional!

Abraços

versaovidas disse...

Ah, o modismo! Lembro que quando mais jovem adorova o tal do modismo, depois que cresci e vi que no mundo tenho que ser eu e mais nada mandei a moda as favas e faço meu próprio estilo.

É così.

RAFAEL BUENO disse...

Concordo com o texto.

E devo admitir que sou um outdoor, mas sempre o mesmo, com as mesmas cores: vermelho, branco e preto. Nunca contei, mas devo usar as camisas do São Paulo pelo menos umas 3x por semana...

Abraço e boa viagem, Diogão!

Tainá disse...

;) Eu não ligo para pessoas que gostam e usam coisas de marca. Tenho um amigo meu que paga 300 reais em uma bermuda da Von Dutch e tem conversas ótimas ouve MPB e é feliz assim. O cara tem dinheiro para comprar trabalhou muito pra chegar onde está... Isso não é modinha a pessoa ter prazer de vestir algo sentir digamos assim "tesão" por estar daquela forma por que não? Não pagamos as contas deles. ;) Cada qual no seu quadrado. Parabéns. ;) o blog tem um ponto critico muito educado.

Michel Mondadori disse...

Pros mais desinformados, a A&F existe desde 1892. Não acha que é uma moda meio longa demais!? Já ouviu falar das famosas camisas do jacarézinho?! Pois é...elas duram uns 10 anos e continuam em excelente estado. Queira ou não, a qualidade e beleza das roupas são massificamente produzidas por grandes empresas que tem pessoas qualificadas e equipamentos de ponta para criar tais produtos, então não venha criticar produtos estrangeiros de marca acentuada porque provavelmente se você olhar para seus próprios pés, estará usando talvez um nike, puma ou adidas. No caso da A&F, além da alta qualidade (quem tem pode falar com toda certeza), os produtos tem um caimento feito pra deixar o corpo mais valorizado sim, diferente de se comprar uma camisa no brasil que parece que a medida é feita com base num quadrado sem caimento algum. Outra diferença é a combinação de cores (veja o site deles e terá uma idéia além do que costuma ver nas "baladas")que é muito difícil de encontrar em qualquer outra marca. Então não confunda quem usa por gosto de quem usa por modismo porque aqui no sul poucas pessoas sabem da existência da marca, o que neste caso não me traria banefício algum usá-las apenas por modismo. Quem sabe um dia você possa experimentar uma das roupas da Abercrombie e criar um novo post chamado "Meus Arrependimentos". Grande abraço! Michel Mondadori. =D

Phill Barros disse...

Caro Michel,

Sem querer defender o Diogo, mas já o fazendo, eu acho que esse não foi o propósito do post.

A longevidade de uma marca não quer dizer que ela não possa estar na moda em determinado momento.. a A&F pode existir há muito tempo, mas a questão é que foi "descoberta" pelos brasileiros recentemente. Muitas pessoas usam a roupa pelo caimento, pelas cores, etc... mas a impressão que eu tenho (sem dados estatísticos para confirmar) é que essas pessoas são minoria no momento, pois após ela se tornar conhecida no nosso país, muitos usam roupas da marca pra se inserir neste ou naquele grupinho social e não pagar de "banana" por usar outra roupa.

Acho que vc se insere justamente no outro grupo, que já conhece a marca, usa e gosta por outros fatores, que não a "inclusão social".

Abraços!

Anônimo disse...

Ah cara..
Eu fui pra Vegas e comprei camisetas da hollister e da abercrombie por 11.. 15 U$..ow seja menos que 30 reais.. agora me diz pq eu vou querer usar Hering? Pura Mania? que custam o dobro ow triplo disso?

Pra quem viaja, compensa e mto comprar estas roupas, dado a relacao custo/moda/beneficio/sucesso com mulheres..agora se vc se veste nao pensando no que Elas irao achar.. so lamento, vc é uma bixa. Com certeza sua namorada, suas amigas.. enfim.. elas gostariam de ve-lo bem vestido e na moda.
Agora, mané eh quem nao pode e fica pagando mais de 80 pila numa camiseta da abercrombie.. agora quem pode.. tudo bem.. foda-se, o dinheiro nao eh meu mesmo. Bom para quem é do ramo.

Mas uma coisa é certa.. tem gente que tah vestindo Abercrombie e Hollister e parece que sente um Deus.. aff.. eh apenas mais uma marca. logo vai ficar manjada... so pq foi prakela merda de USA.. grandes coisa akele pais.. que por sinal esta destruindo nosso mundo.. hj em dia qualquer um consegue ir prakela merda.. pq o dolar abaixou mto..

Eu preferiria produto brasileiro.. mas estao mto caros.. (os de boa qualidade).. compensa o importado..
eh isso
falowz

Postar um comentário