right_side

Seguidores

Mais borrifados

hipocrisia (26) Mallu Magalhães (24) brasil (15) São Paulo (13) futebol (11) globo (11) música (8) política (8) PT (6) Rede Globo (6) Rodolover (6) lula (6) malandragem (6) Olimpíadas (5) Rodolover posta aí (5) SPFC (5) corinthians (5) trânsito (5) Abercrombie and Fitch (4) Rodolover o borrifador turista (4) Subcelebridade (4) arte (4) brasileiros (4) che guevara (4) chico buarque (4) cult (4) educação (4) juventude (4) modismo (4) movimento homossexual (4) obama (4) politicamente correto (4) rodolover sumiu daqui (4) rodoponey vo te dar uma porrada (4) 3d (3) Big Brother Brasil (3) MTV (3) Rio de Janeiro (3) Rodolover Agora é espanhol? (3) Rodolover some daqui (3) Toca Raul (3) balada (3) bbb (3) borrifada (3) borrifadinhas (3) brasileiro (3) carnaval (3) cinema (3) esquerdistas (3) gosto música (3) grandes eventos (3) leis (3) los hermanos (3) marketing (3) modinha (3) paulista (3) rodolover to postando (3) rodoponoy some daqui (3) romário (3) shopping (3) sustentabilidade (3) Amy Winehouse (2) Anti-social (2) Dilma (2) Direita (2) Eleições 2014 (2) Esquerda (2) Exército (2) Formula 1 (2) Gloria do Desporto Nacional (2) Inclusão digital (2) Indy (2) MPB (2) Mallu Magalhaes (2) Metallica (2) Michael Jackson (2) Muricy Ramalho (2) Mussum (2) Natal (2) Nelson Piquet (2) NxZero (2) ONGs (2) Olimpíadas 2016 (2) Pink Floyd (2) Politcos (2) Rico (2) Rio (2) Rock (2) Rododrunk (2) Rodolover vai pra Espanha virar Pederasta? (2) Rogério Ceni (2) Rubinho (2) São Paulo FC (2) academia (2) amor (2) ano novo (2) backstreet boys (2) big brother (2) blog (2) bolados de rave (2) burocracia (2) caetano veloso (2) chatice (2) corrupção (2) crise (2) críticos (2) democracia (2) dinâmica de grupo (2) espero que o São Paulo se recupere no Brasileiro (2) essência (2) facebook (2) falsidade (2) força sindical (2) férias (2) gaúcho (2) geração (2) globo.com (2) gordas (2) jazz (2) jeitinho (2) jovens (2) justiça (2) malandros (2) medo (2) mentira (2) moda (2) morumbi (2) mulheres feias (2) mulheres frescas (2) musica ruim (2) naturebas (2) nova geração (2) novela (2) orkut (2) palmeiras (2) periferia (2) playba (2) populismo (2) povo (2) proibição (2) protestos (2) rolezinhos (2) rádio (2) samba (2) sertanejo (2) tecnologia (2) trabalho (2) turismo (2) wwf (2) Ética (2) índia (2) #VaiTerCopa (1) 1000 (1) 17 e mais (1) 2013 (1) 2014 (1) 3G (1) 500 (1) Aquecimento Global (1) Astro (1) Banda Gloria (1) Barrichello (1) Belo Horizonte (1) Beyoncé (1) Billy (1) Black Dog (1) Bohemian Rhapsody (1) Bono vox (1) Brawn GP (1) Brazil (1) Britiain's got talent (1) Bronze (1) CUT (1) Cacildis (1) Camargo Correa (1) Canadá (1) Cansei de Ser Sexy (1) Charlie Brown Jr. (1) Clodovil (1) Clássico (1) Coca-cola (1) Colírios da Capricho (1) Conspiração (1) Copa do Mundo 2014 (1) Daiane dos Santos (1) David after dentist (1) Debate Bola (1) Demônios da Garoa (1) Desenho (1) Desorganização (1) Detroit Rock City (1) Diego Hipólyto (1) Diogo Mainardi (1) Diáspora Romana (1) Dona Zuleica é o nome da Mãe do Popó (1) Doug Funnie (1) Doug Funnie bixa (1) ENADE (1) El Salvador (1) Engenhão (1) Estados Unidos (1) Exclusão social (1) Fake (1) Felipe Massa (1) Folha Online (1) Fora Sarney (1) França (1) Fresno (1) Galvão Bueno (1) Gene Simmons (1) Gilberto Gil (1) Gostosas da Globo dão a bunda sem pudor (1) Grunge (1) Heavy Metal (1) Hermes e Renato (1) Holanda (1) Inglaterra (1) JK iguatemi (1) Jacarés (1) Jack Johnson (1) Jean Willys (1) Jennifer Aniston (1) Jeremias (1) Jesus Luz (1) John Mayer (1) Jon Lord (1) Juca Ferreira (1) Justin Bieber (1) Keisha (1) Kiss (1) Kurt Cobain (1) Lei Rouanet (1) Lei Seca (1) Licitações (1) Linhares (1) Lobão (1) Locaweb (1) Lotus (1) Luciano Huck (1) Luiz Felipe Pondé (1) MS-DOS (1) MSN (1) Madonna (1) Mais Médicos (1) Mamonas Assassinas (1) Manaus (1) Marcos (1) Meio-ambiente (1) Merda (1) Mestre Tele (1) Mexicanos são feios (1) Michael Moore (1) Michel Teló (1) Movimento Passe Livre (1) Mudhoney (1) Museum (1) Myspace (1) Nacionalismo (1) Nana Gouvêa (1) Nelson Priquet (1) Nevermind (1) Nirvana (1) O talentoso Ripley (1) PSOL (1) Pacha (1) Pan 2007 (1) Parabéns Lorena (1) Parangolé (1) Paris (1) Paul Stanley (1) Pearl Jam (1) Pedro Bial (1) Perua (1) Políca Federal (1) Putaria (1) Pânico na TV (1) Quadrinhos (1) Rebolation (1) Rei do Pop (1) Ricardo Gomes (1) Rock Progressivo (1) Rodolover sai pra lá (1) Rodolover vai embora (1) Rodolover voltando (1) Rodolover volte a escrever! (1) Rodonasty e as russas (1) Rogério (1) Ronaldinho Gaúcho (1) Ronaldo (1) Rubinho Barrichelle (1) SUS (1) SWU (1) Selton Mello (1) Show me your genitals (1) Sicko (1) Simonal (1) Sintetizador (1) Snack Culture (1) Susan Boyle (1) TI (1) Tempo (1) Tenho amigos putanheiros (1) Tupiniquim (1) Twitter (1) Uniban (1) Urso polar (1) Usain Bolt (1) VMB (1) Vice (1) Victor Fasano (1) Virada Cultura (1) Wikipedia (1) World Cup (1) Xuxa (1) YouTube (1) Zeca Camargo (1) aba reta (1) acessibilidade (1) administradores (1) aeroporto (1) agência (1) alcool (1) animais (1) aniversário (1) ansiedade (1) aperto (1) artistas subestimados (1) asas (1) avião (1) bacon (1) banalização (1) bananas (1) bang (1) bebado (1) bebês (1) bla (1) blasé (1) blogueiros (1) bob marley (1) bolsa família (1) bolívia (1) borrifada maluca (1) borrifador ausente (1) borrifadores (1) borrifando (1) botafogo (1) branding (1) brega (1) briguinha (1) buffet (1) cantoras (1) caos (1) capitalismo (1) capitão nascimento (1) carioca (1) carro (1) carroceiros (1) casper (1) celebridades (1) chilli beans (1) chocolover (1) cigarro (1) classe (1) clichês (1) coca (1) coldplay (1) coletividade (1) combie (1) comunicação (1) condescendência (1) contigo (1) contradição (1) copa do mundo (1) cotidiano (1) crianças (1) crítica (1) culpados (1) death magnetic (1) deputado (1) desenvolvimento sustentável (1) diego alemão (1) dinheiro (1) dionisio (1) direitos (1) discos voadores (1) discurso vazio (1) dislexia (1) divulgação (1) drogas (1) eco 92 (1) ecochato (1) edmundo (1) egoísmo (1) elite (1) emburrece (1) emissora (1) emos (1) empregada (1) entretenimento (1) espetáculo (1) espm (1) estilista (1) estética (1) evo (1) exposição (1) extremismo (1) faap (1) fabio porchat (1) falta de classe (1) falta de paciência (1) favela (1) figurinhas (1) fim de ano (1) flamengo (1) flanelinhas (1) fluminense (1) formaturas (1) frase do Senna (1) funk (1) futebol americano (1) gal costa (1) games (1) gay (1) geeks (1) geleiras (1) google (1) grafite (1) greenpeace (1) gringos (1) gugu (1) gv (1) healthcare (1) helloween (1) hipsters (1) história (1) homer (1) homofobia (1) honda (1) humor (1) hype (1) id (1) igualdade (1) impunidade (1) incentivo fiscal (1) incompetência (1) individuaismo (1) industria fonográfica (1) informação (1) injustiça social (1) inovação tecnológica (1) internet (1) iron maiden (1) irresponsabilidade (1) irritação (1) joel (1) jon e kate + 8 (1) jovem pan (1) juliana paes (1) juscelino (1) katilce (1) king curtis (1) leci brandão (1) legado (1) lemmy (1) lepo lepo (1) liberdade de expressão (1) limitação mental (1) lindos são os passarinhos (1) live 8 (1) live aid (1) livros da fuvest (1) logos (1) loiras (1) loudness war (1) lula vieira (1) luxemburgo (1) mackenzie (1) macunaíma (1) maioria (1) mal humor (1) manifestações (1) marcelo dourado (1) marcelo tas (1) marimoon (1) mau humor (1) maus politicos (1) maísa (1) meirelles (1) melhor do Brasil é o brasileiro (1) melhores posts (1) mesmice (1) metrô (1) mondo entretenimento (1) monty phyton (1) morre (1) motorhead (1) mudar (1) musculação (1) musica boa (1) mãozinha (1) nardoni (1) natural step (1) neo-liberalismo (1) nerds (1) netinho (1) nostalgia (1) nyt (1) pablo (1) padrão de beleza (1) pais bundões (1) palhaçada (1) panda (1) paris hilton (1) patriotismo (1) paulistas (1) pc do b (1) pelé (1) pena sentimento pior (1) pessoas efusivas (1) phil barros (1) pobreza (1) poesia (1) polícia (1) ponte estaiada (1) português (1) posers (1) preconceito (1) premiação (1) promessas (1) protesto (1) psirico (1) publicidade (1) puc (1) punheta (1) qualidade (1) rabo (1) racismo (1) radiohead (1) reality show (1) record (1) red bull (1) reformulação (1) reggae (1) relacionamento (1) religiao (1) religião (1) repórteres folgados (1) respeito (1) rivalidade (1) robei o dia de alguém porque eu devia ter postado ontem (1) roberts (1) rodízio (1) roupas (1) ruas (1) saco (1) santa (1) sassaricar (1) saúde (1) selos (1) sem partido (1) semana (1) senso de humor (1) sentimentos (1) separatismo (1) serginho groisman (1) sexo oral (1) shows (1) silêncio (1) sistema de saúde (1) some daqui. (1) sos mata atlântica (1) status (1) stress (1) subúrbio (1) sucesso (1) sujeira (1) super legais (1) surf (1) telemarketing (1) torcida (1) track and field (1) transporte público (1) troca (1) tropa de elite (1) truculência (1) tráfico (1) universidades (1) vagabunda (1) vasco (1) velocidade (1) venda de CDs (1) verdade absoluta (1) vida (1) vinhos (1) violência (1) vôo (1) war (1) whatsapp (1) workshop (1) xixi no banho (1) zanola (1)

sábado, 14 de fevereiro de 2009

"It´s a full time job being a Brazilian girl"

Escrevi outro dia a relação de “beleza vs. poder”. Ela é realmente valiosa e faz sentido. Porém em minha viagem ao sul do Brasil, bem e mal sucedida ao mesmo tempo, junto com alguns estrangeiros que estavam a deleite em solo catarinense, desenvolvemos outra teoria, mais especificamente sobre as mulheres brasileiras.
Mais especificamente ainda nas mulheres do estado de São Paulo para baixo.
Para Andy, Ben, Gastón e Nicholas, respectivamente escocês, britânico e dois argentinos, ficou claro que as brasileiras do cone sul são sim, lindíssimas, porém absolutamente posers, não permitindo abertura para nenhum tipo de conversação mais franca. Também compartilho da mesma opinião.

Logicamente que não estou generalizando, porém a capacidade de conseguir algum tipo de sucesso com esse tipo de mulher é baixa se você não lhe pagar uma bebida (ou várias) ou tiver menos que 37 cm de braço.
Você chega dançando, como quem não quer nada, elas olham, subestimam, aí se viram e continuam matando baratas, porque no fim do dia, elas não estão dançando, estão apenas desfilando e fazendo os mesmos passinhos malucos. Os gringos até faziam piada dessa atitude falando: “It´s a full time job being a Brazilian girl”, a respeito da preocupação extrema das brasileiras em estarem sempre impecáveis por fora e totalmente intransponíveis por dentro. Se existe aquela campanha da Dove pela real beleza, eu lanço aqui o meu desafio da "Campanha Petrescu pelas mulheres acessíveis"...

Mas até aí tudo bem, até dou pausa para tomar um nobre whisky, porque eu estou extremamente familiarizado com este estilo de mulher, afinal, eu sou de São Paulo! A capital mundial das mulheres metidas a besta. O que me surpreendeu mesmo foi quando fui falar com argentinas ou com mulheres de outros países, que lá não era assim uma raridade de se encontrar.
Conheci uma argentina na balada, infelizmente já com o namorado. Aquilo sim era uma pessoa simpática e diferente. Conversava, dava abertura, ria, dançava de verdade e estava pouco lixando se a maquiagem estava indo para o espaço. Resumo da ópera: Estava se divertindo, conhecendo gente nova e não deixava, contudo, de ser extremamente charmosa.

A coisa só mudou um pouco em Florianópolis. Eu fiquei em um albergue com diversos argentinos, afinal eu talvez fosse o único brasileiro da praia, sem brincadeira. Conheci argentinas e uruguaias em menos de 3 horas no albergue e já saímos para nos divertir. Foi uma experiência bacana ver como é diferente a relação entre mulheres e homens em outros lugares e que não precisa existir este extremo joguinho de arrogância que existe de São Paulo para baixo.
Eu disse que “a coisa tinha mudado um pouco em Floripa” porque conheci uma ou outra catarinense na balada, mas se eu for somar as mulheres simpáticas que conheci, as gringas são maioria.

Eu até entendo que as catarinenses sejam um pouco deslumbradas, já que elas são realmente muito bonitas e fazem questão de cuidar do corpo como todas as brasileiras, ficando assim extremamente elegantes, bonitas e interessantes. Porém igualmente “intransponíveis” quando não se é de nenhuma panelinha local ou o boy maromba da rave.
Mas não entendo de maneira nenhuma as paulistanas serem extremamente arrogantes e complicadas na hora de se conhecer, porque além de não serem exatamente as mulheres mais bonitas do mundo, elas se sentem como fossem.

Gostaria de ter alavancado minha experiência com outras argentinas ou pessoas de outra parte do Brasil, porque quando um britânico acusa os brasileiros de serem arrogantes, alguma coisa está muito errada na ordem mundial. Mas quem sabe algum dia, se eu tiver meus 40 cm de braço...

Por fim, para acabar com o soneto de hoje e objetivando mostrar o meu extremo respeito a este tipo de mulher e o que a maioria de nós, homens, apenas queremos com vocês, convido todos a assistir e gozar de 2 minutos bastante divertidos com o clipe de meu grande amigo americano, o mano Jon Lajoie. Ele é bom porque além da letra, manda muito bem na dancinha do refrão. Para quem não sabe, sou um grande entusiasta de dancinhas. Favor todos treinarem em casa. Eu estou.

Espero que gostem tanto do clipe quanto eu gostei de borrifar neste tipo de perua.

Abçs,

Petrescu

8 Comentários:

Gúh! disse...

não entendi o propósito do texto - burrice minha ¬¬'


Mas o vídeo é legazin

Pedro Tadashi disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Pedro Tadashi disse...

vou borrifar:
não pegou ninguém.

Paulo Dragocinovic disse...

Essa é a dura e patética realidade...

Reporter x disse...

não entendi o propósito do texto - burrice minha ¬¬'


Mas o vídeo é legazin[2]
nemli ç.ç'

BaKaNa disse...

Diogo,

Experimente vir para Campinas(voz fina) apenas uma vez e você achará as mulheres de São Paulo as mais acessiveis da Terra.

Repito: Venha a Campinas!

Douglas disse...

aew parabéns pelo blog
abraços

http://soanimesdownloads.blogspot.com

Anônimo disse...

Tosco! Quer mulher simpática e acessível vai no puteiro, ora!

Postar um comentário