right_side

Seguidores

Mais borrifados

hipocrisia (26) Mallu Magalhães (24) brasil (15) São Paulo (13) futebol (11) globo (11) música (8) política (8) PT (6) Rede Globo (6) Rodolover (6) lula (6) malandragem (6) Olimpíadas (5) Rodolover posta aí (5) SPFC (5) corinthians (5) trânsito (5) Abercrombie and Fitch (4) Rodolover o borrifador turista (4) Subcelebridade (4) arte (4) brasileiros (4) che guevara (4) chico buarque (4) cult (4) educação (4) juventude (4) modismo (4) movimento homossexual (4) obama (4) politicamente correto (4) rodolover sumiu daqui (4) rodoponey vo te dar uma porrada (4) 3d (3) Big Brother Brasil (3) MTV (3) Rio de Janeiro (3) Rodolover Agora é espanhol? (3) Rodolover some daqui (3) Toca Raul (3) balada (3) bbb (3) borrifada (3) borrifadinhas (3) brasileiro (3) carnaval (3) cinema (3) esquerdistas (3) gosto música (3) grandes eventos (3) leis (3) los hermanos (3) marketing (3) modinha (3) paulista (3) rodolover to postando (3) rodoponoy some daqui (3) romário (3) shopping (3) sustentabilidade (3) Amy Winehouse (2) Anti-social (2) Dilma (2) Direita (2) Eleições 2014 (2) Esquerda (2) Exército (2) Formula 1 (2) Gloria do Desporto Nacional (2) Inclusão digital (2) Indy (2) MPB (2) Mallu Magalhaes (2) Metallica (2) Michael Jackson (2) Muricy Ramalho (2) Mussum (2) Natal (2) Nelson Piquet (2) NxZero (2) ONGs (2) Olimpíadas 2016 (2) Pink Floyd (2) Politcos (2) Rico (2) Rio (2) Rock (2) Rododrunk (2) Rodolover vai pra Espanha virar Pederasta? (2) Rogério Ceni (2) Rubinho (2) São Paulo FC (2) academia (2) amor (2) ano novo (2) backstreet boys (2) big brother (2) blog (2) bolados de rave (2) burocracia (2) caetano veloso (2) chatice (2) corrupção (2) crise (2) críticos (2) democracia (2) dinâmica de grupo (2) espero que o São Paulo se recupere no Brasileiro (2) essência (2) facebook (2) falsidade (2) força sindical (2) férias (2) gaúcho (2) geração (2) globo.com (2) gordas (2) jazz (2) jeitinho (2) jovens (2) justiça (2) malandros (2) medo (2) mentira (2) moda (2) morumbi (2) mulheres feias (2) mulheres frescas (2) musica ruim (2) naturebas (2) nova geração (2) novela (2) orkut (2) palmeiras (2) periferia (2) playba (2) populismo (2) povo (2) proibição (2) protestos (2) rolezinhos (2) rádio (2) samba (2) sertanejo (2) tecnologia (2) trabalho (2) turismo (2) wwf (2) Ética (2) índia (2) #VaiTerCopa (1) 1000 (1) 17 e mais (1) 2013 (1) 2014 (1) 3G (1) 500 (1) Aquecimento Global (1) Astro (1) Banda Gloria (1) Barrichello (1) Belo Horizonte (1) Beyoncé (1) Billy (1) Black Dog (1) Bohemian Rhapsody (1) Bono vox (1) Brawn GP (1) Brazil (1) Britiain's got talent (1) Bronze (1) CUT (1) Cacildis (1) Camargo Correa (1) Canadá (1) Cansei de Ser Sexy (1) Charlie Brown Jr. (1) Clodovil (1) Clássico (1) Coca-cola (1) Colírios da Capricho (1) Conspiração (1) Copa do Mundo 2014 (1) Daiane dos Santos (1) David after dentist (1) Debate Bola (1) Demônios da Garoa (1) Desenho (1) Desorganização (1) Detroit Rock City (1) Diego Hipólyto (1) Diogo Mainardi (1) Diáspora Romana (1) Dona Zuleica é o nome da Mãe do Popó (1) Doug Funnie (1) Doug Funnie bixa (1) ENADE (1) El Salvador (1) Engenhão (1) Estados Unidos (1) Exclusão social (1) Fake (1) Felipe Massa (1) Folha Online (1) Fora Sarney (1) França (1) Fresno (1) Galvão Bueno (1) Gene Simmons (1) Gilberto Gil (1) Gostosas da Globo dão a bunda sem pudor (1) Grunge (1) Heavy Metal (1) Hermes e Renato (1) Holanda (1) Inglaterra (1) JK iguatemi (1) Jacarés (1) Jack Johnson (1) Jean Willys (1) Jennifer Aniston (1) Jeremias (1) Jesus Luz (1) John Mayer (1) Jon Lord (1) Juca Ferreira (1) Justin Bieber (1) Keisha (1) Kiss (1) Kurt Cobain (1) Lei Rouanet (1) Lei Seca (1) Licitações (1) Linhares (1) Lobão (1) Locaweb (1) Lotus (1) Luciano Huck (1) Luiz Felipe Pondé (1) MS-DOS (1) MSN (1) Madonna (1) Mais Médicos (1) Mamonas Assassinas (1) Manaus (1) Marcos (1) Meio-ambiente (1) Merda (1) Mestre Tele (1) Mexicanos são feios (1) Michael Moore (1) Michel Teló (1) Movimento Passe Livre (1) Mudhoney (1) Museum (1) Myspace (1) Nacionalismo (1) Nana Gouvêa (1) Nelson Priquet (1) Nevermind (1) Nirvana (1) O talentoso Ripley (1) PSOL (1) Pacha (1) Pan 2007 (1) Parabéns Lorena (1) Parangolé (1) Paris (1) Paul Stanley (1) Pearl Jam (1) Pedro Bial (1) Perua (1) Políca Federal (1) Putaria (1) Pânico na TV (1) Quadrinhos (1) Rebolation (1) Rei do Pop (1) Ricardo Gomes (1) Rock Progressivo (1) Rodolover sai pra lá (1) Rodolover vai embora (1) Rodolover voltando (1) Rodolover volte a escrever! (1) Rodonasty e as russas (1) Rogério (1) Ronaldinho Gaúcho (1) Ronaldo (1) Rubinho Barrichelle (1) SUS (1) SWU (1) Selton Mello (1) Show me your genitals (1) Sicko (1) Simonal (1) Sintetizador (1) Snack Culture (1) Susan Boyle (1) TI (1) Tempo (1) Tenho amigos putanheiros (1) Tupiniquim (1) Twitter (1) Uniban (1) Urso polar (1) Usain Bolt (1) VMB (1) Vice (1) Victor Fasano (1) Virada Cultura (1) Wikipedia (1) World Cup (1) Xuxa (1) YouTube (1) Zeca Camargo (1) aba reta (1) acessibilidade (1) administradores (1) aeroporto (1) agência (1) alcool (1) animais (1) aniversário (1) ansiedade (1) aperto (1) artistas subestimados (1) asas (1) avião (1) bacon (1) banalização (1) bananas (1) bang (1) bebado (1) bebês (1) bla (1) blasé (1) blogueiros (1) bob marley (1) bolsa família (1) bolívia (1) borrifada maluca (1) borrifador ausente (1) borrifadores (1) borrifando (1) botafogo (1) branding (1) brega (1) briguinha (1) buffet (1) cantoras (1) caos (1) capitalismo (1) capitão nascimento (1) carioca (1) carro (1) carroceiros (1) casper (1) celebridades (1) chilli beans (1) chocolover (1) cigarro (1) classe (1) clichês (1) coca (1) coldplay (1) coletividade (1) combie (1) comunicação (1) condescendência (1) contigo (1) contradição (1) copa do mundo (1) cotidiano (1) crianças (1) crítica (1) culpados (1) death magnetic (1) deputado (1) desenvolvimento sustentável (1) diego alemão (1) dinheiro (1) dionisio (1) direitos (1) discos voadores (1) discurso vazio (1) dislexia (1) divulgação (1) drogas (1) eco 92 (1) ecochato (1) edmundo (1) egoísmo (1) elite (1) emburrece (1) emissora (1) emos (1) empregada (1) entretenimento (1) espetáculo (1) espm (1) estilista (1) estética (1) evo (1) exposição (1) extremismo (1) faap (1) fabio porchat (1) falta de classe (1) falta de paciência (1) favela (1) figurinhas (1) fim de ano (1) flamengo (1) flanelinhas (1) fluminense (1) formaturas (1) frase do Senna (1) funk (1) futebol americano (1) gal costa (1) games (1) gay (1) geeks (1) geleiras (1) google (1) grafite (1) greenpeace (1) gringos (1) gugu (1) gv (1) healthcare (1) helloween (1) hipsters (1) história (1) homer (1) homofobia (1) honda (1) humor (1) hype (1) id (1) igualdade (1) impunidade (1) incentivo fiscal (1) incompetência (1) individuaismo (1) industria fonográfica (1) informação (1) injustiça social (1) inovação tecnológica (1) internet (1) iron maiden (1) irresponsabilidade (1) irritação (1) joel (1) jon e kate + 8 (1) jovem pan (1) juliana paes (1) juscelino (1) katilce (1) king curtis (1) leci brandão (1) legado (1) lemmy (1) lepo lepo (1) liberdade de expressão (1) limitação mental (1) lindos são os passarinhos (1) live 8 (1) live aid (1) livros da fuvest (1) logos (1) loiras (1) loudness war (1) lula vieira (1) luxemburgo (1) mackenzie (1) macunaíma (1) maioria (1) mal humor (1) manifestações (1) marcelo dourado (1) marcelo tas (1) marimoon (1) mau humor (1) maus politicos (1) maísa (1) meirelles (1) melhor do Brasil é o brasileiro (1) melhores posts (1) mesmice (1) metrô (1) mondo entretenimento (1) monty phyton (1) morre (1) motorhead (1) mudar (1) musculação (1) musica boa (1) mãozinha (1) nardoni (1) natural step (1) neo-liberalismo (1) nerds (1) netinho (1) nostalgia (1) nyt (1) pablo (1) padrão de beleza (1) pais bundões (1) palhaçada (1) panda (1) paris hilton (1) patriotismo (1) paulistas (1) pc do b (1) pelé (1) pena sentimento pior (1) pessoas efusivas (1) phil barros (1) pobreza (1) poesia (1) polícia (1) ponte estaiada (1) português (1) posers (1) preconceito (1) premiação (1) promessas (1) protesto (1) psirico (1) publicidade (1) puc (1) punheta (1) qualidade (1) rabo (1) racismo (1) radiohead (1) reality show (1) record (1) red bull (1) reformulação (1) reggae (1) relacionamento (1) religiao (1) religião (1) repórteres folgados (1) respeito (1) rivalidade (1) robei o dia de alguém porque eu devia ter postado ontem (1) roberts (1) rodízio (1) roupas (1) ruas (1) saco (1) santa (1) sassaricar (1) saúde (1) selos (1) sem partido (1) semana (1) senso de humor (1) sentimentos (1) separatismo (1) serginho groisman (1) sexo oral (1) shows (1) silêncio (1) sistema de saúde (1) some daqui. (1) sos mata atlântica (1) status (1) stress (1) subúrbio (1) sucesso (1) sujeira (1) super legais (1) surf (1) telemarketing (1) torcida (1) track and field (1) transporte público (1) troca (1) tropa de elite (1) truculência (1) tráfico (1) universidades (1) vagabunda (1) vasco (1) velocidade (1) venda de CDs (1) verdade absoluta (1) vida (1) vinhos (1) violência (1) vôo (1) war (1) whatsapp (1) workshop (1) xixi no banho (1) zanola (1)

quarta-feira, 22 de abril de 2009

Smells like teen spirit


Após pedir uma autorização para o Diogo Petrescu, borrifarei hoje usando como base seu texto: "Superestimados. Subestimados", seguindo com a coluna musical toda semana.

Na borrifação em questão, do Diogo, uma discussão se estendeu pelos comentários, após o borrifador referir-se a Kurt Cobain como um artista superestimado. Eu concordo com isso, e farei o post de hoje sobre essa idolatria, na minha opinião, desmedida, à Nirvana e Kurt Cobain.

Compreendo perfeitamente a relevância de Nirvana para o Rock, principalmente nos anos 90, quando a turma de Seattle deu um novo gás, principalmente com o Grunge, movimento no qual o Nirvana é usualmente enquadrado, assim como Pearl Jam, entre outras bandas.

Aí é que está a questão.

O Nirvana muitas vezes é visto como sinônimo deste movimento, mas creio que essas outras bandas tenham tido importância no mínimo igual para o desenvolvimento do rock no início dos anos 90.

Fico feliz de olhar para essa época e ver que a juventude teve mais "atitude" ao idolatrar Kurt do que hoje em dia, quando os miguxos choram juntos ao ouvir emocore, mas acho que até hoje Cobain só tem essa projeção pela tragédia que marcou sua morte.

Afinal, o que era o Nirvana?

Um som simples, técnica e melodicamente falando, mas não por isso um som ruim. Assim como foi o punk, uma música forte, simples e objetiva pra mim foram as marcas do grunge. O resultado: músicas legais. (O borrifador que vos escreve inclusive considera o Nevermind um dos grandes álbuns do rock)

Mas isso, pra mim, não difere o Nirvana de outras bandas da época. O que eles tinham a mais?
Kurt quebrava guitarras no palco... e o que era sinônimo de rebeldia virou marca registrada. Será que essas pessoas nunca viram um show do The Who da década de 70 ou o show California Jam, do Deep Purple?

Tudo bem... a década de 90 precisava dessa rebeldia.

Mas o que marcou mesmo a história do Nirvana foi a tragetória de seu líder. Seu comportamento muitas vezes depressivo, era evidente nas músicas, entrevistas, etc, e Kurt acabou sendo vítima de sua tristeza, cometendo suicídio e entrando para a história como mais um mártir do rock.

Quase não se falam das mortes trágicas de Janis, Jimi, Jim, Bon, Bonham, entre outros, ou, quando falam, é para usar o sermão de como drogas, bebidas e remédios podem acabar com você. Mas com Kurt não. Ele é endeusado e símbolo de uma geração carente de rebeldia. Até hoje, adolescentes pseudo-deprimidos, que deveriam agradecer a vida que têm, se espelham em Kurt por sua tragédia, o que pode soar até como pena desse astro que ainda teria muito a oferecer para o rock.

Por fim, vejo que outras bandas da década de 90 merecem mais atenção, como Mudhoney, e a tragetória de Nirvana e Kurt devam ser vistas de forma um pouco mais criteriosa.

Se bem que... antes Nirvana do que Emocore.

Obs: Valeu Paulo pelo "Abraço Borrifadores!" no final do MTV Debate!

2 Comentários:

Paulo Dragocinovic disse...

Eu acho que você foi até bonzinho de pensar que o Nirvana foi realmente importante e que o Kurt foi um mártir! Pra mim ele é sinômino de um cara que foi um bosta, a atitude dele que todos dizem foi: "Usar drogas a valer, tentando fugir dos problemas da vida, e depois desistir dela se matando !" ISSO é atitude???

Além disso, eu acho que ele quebrava as guitarras porque ficou bravo por não saber tocá-las! Kurt foi o primeiro grande EMO! Concordo com vc, Mudhoney eh mto mais elgal.. e o Foo Fighters então??? Tem muito mais álbuns e músicas de sucesso e os shows são mto melhores do que eram os do Nirvana! Esse foi o grande favor que Kurt fez ao se matar, o surgimento do Foo Fighters! Uma banda de rock sem frescura!


A cena de Seattle só ganhou toda essa aura, pelo fato de o Kurt ter morrido quando estava no auge. Existiram muitos movimentos muito mais importantes no rock, e que influenciam e atuam até hoje, como as bandas de Hard dos anos 80, o punk dos Ramones e THe Clash, a New Wave of Brittish Heavy Metal com o Iron e Judas...

Vou dar um exemplo de pessoa muito mais importante e competente para o Rock do que Kurt Cobain: David Coverdale! Ao invés de ficar cheirando e falando besteira... David prefere se concentrar em duas coisas: Cantar muito bem, participar de albuns importantes e fazer hits que entraram para a história do rock, comer mulheres e pronto!!

Isso é rock!

Sampaiorama disse...

Ai meu deus do ceu, como tem gente que cospe merda pela boca sem ter o minimo de conhecimento. Primeiramente, Kurt tem uma historia de vida trágica, teve uma mãe muito mais do que filha da puta. Kurt sofria de uma doença gravissima e sem cura no estomago, doença essa que lhe causava muita dor, dai começou o seu vicio por fortíssimos analgésicos, coma sua doença em uma crescente definitiva, ele começou assim a usar a heroina, que é a mãe da morfina. Por inicio começou a usar para aliviar a dor, mas sendo a heroína uma droga altamente viciante, em pouco tempo ele se viu dependente dela. Quanto ao talento de Kurt com a guitarra, se alguem diz que ele não tem talento, nunca deve ter tocado o instrumento, sou guitarrista e baixista a 14 anos, e lhes digo, tocar as musicas do nirvana é mt fácil, mas faze-lo com a garra e peada de kurt é impossível. Quanto a sua importância para a musica da década de 90, concordo que tiveram outras muitas bandas importantes, como soundgardem, RATM, Mudhoney, Soundgardem entre outras, mas o comportamento no palco que o Nirvana tinha era incomparável, e a sua guerra particular contra os Guns 'n Roses colocava mais lenha ainda na fogueira. Não estou discutindo gosto musical, e sim fatos. Nirvana foi a banda mais relevante dos anos 90, isso é fato, e não sejamos hipócritas ao negar issom, gostando ou não, essa é a verdade. E quanto ao Foo Figthers, acho a melhor banda do mundo meu caro, sou muito fã, mas a importância comparada à banda Nirvana, é pífia.



Ótimo blog cara.

Postar um comentário